Siga a ABLP nas redes sociais

A UM GRANDE AMIGO QUE NOS DEIXA

Foi com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento do Engenheiro Cinéas Feijó Valente, um dos maiores nomes da Limpeza Urbana no país. Engenheiro por formação, desde muito cedo dirigiu seu olhar perspicaz para os problemas enfrentados por nosso país, alguns com soluções arrastando-se morosamente pelos escaninhos oficiais, outros sequer sujeitos a isso. Essa situação sempre o incomodou, com o temperamento inquieto que o caracterizava.

Formado na turma de 1955 pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Cinéas dedicou-se à atividade de dragagens até o final da década de mil novecentos e sessenta. 
 
Foi quando se apercebeu que o lixo domiciliar, hoje denominado resíduos urbanos e produzido por todos diuturnamente, mal e mal era coletado nas residências, através de condições retrógadas, sendo os rios que ele dragava verdadeiros caminhos aquáticos para o lixo ali jogado pela população.
 
Não havia apenas essa destinação; também era disposto diretamente sobre o solo, escondido em locais afastados do centro urbano das cidades.
 
Esse afastamento era para ocultar as cenas dramáticas de todo tipo de animais peçonhentos, concentração de urubus, o mal cheiro resultante da decomposição do material orgânico, tendo ao lado disso a contaminação do solo, dos lençóis freáticos e dos corpos d’água.
 
Foi com essa visão que o Engenheiro Cinéas tomou a decisão de buscar solução em países com economia desenvolvida; viajou aos USA, visitou plantas de destinação de lixo, colheu informações, ocupou-se em absorver toda a tecnologia empregada, os custos, e tudo o mais que sustentavam essas plantas.
 
Voltou e procurou o também Engenheiro Conrado de Carvalho Alves, dono da Enterpa, empresa que fazia a coleta de lixo em bairros de São Paulo. Sua oferta foi a de construir um aterro sanitário, onde a empresa depositaria seu lixo, e por isso receberia um valor pela prestação dos serviços. Afastando-nos das negociações, vamos ao ponto no início dos anos setenta, Cinéas constrói o primeiro aterro sanitário no país, no bairro de Lausanne Paulista.
 
Mas havia o ser humano, o homem, o chefe, o pai de família abnegado, o hábil negociador, sem receio de tornar públicas as ideias que suas convicções ditavam. Eu o chamava de professor porque ele realmente o era, e em todo tempo em que com ele convivi muito me foi dado a aprender. Em 2012, atendendo minha solicitação, colaborou com informações preciosas, que com outros profissionais da velha guarda da Limpeza Urbana, nos possibilitaram escrever o livro “Limpeza Urbana Em São Paulo-Uma História Para Contar”. Naquele mesmo ano tive a oportunidade de recebê-lo em homenagem quando do lançamento do livro.
 
Prático e objetivo, por vezes impaciente, eu particularmente adorava suas intervenções cirúrgicas ao mau discurso, cobertas por fina ironia que tinha por objetivo manter o foco do debate. Sempre apoiou a ABLP, dando-nos suporte e coragem para enfrentamento dos desafios que nos chegavam. Não cito nomes nem ano, respeitando o sigilo dos participantes. Em uma eleição da diretoria da ABLP, surgiu uma chapa de oposição. As conversas giravam em torno da manutenção da união, e se chegou a um impasse; na ausência de acordo, haveriam duas chapas para se confrontarem. Com intervenção dura mais serena, em quinze minutos resolveu a situação; formou-se uma chapa mista.  Estava terminado o imbróglio.  Seus filhos souberam nele se espelharem, e deram continuidade ao sonho que se tornou realidade - o grupo Corpus. 
 
Todos perdemos com essa lacuna que se estabelece na vida; o grande visionário e empreendedor se foi, mas suas obras ficam. 
 
Aos filhos Ricardo, Marco Antônio e Cristina, nossos pêsames e nossa solidariedade. Ao corpo dirigente e a todos os empregados da Corpus os nossos sentimentos pela perda sofrida.
 
Que o Senhor conforte a todos, e receba seu filho que retorna com o amor, o carinho e a paz divinas. Esteja em paz, Cinéas!
 

Revista Limpeza Pública

Revista Limpeza Pública - Edição 107

© ABLP Associação Brasileira de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública - Todos direitos reservados

DC2 Tecnologia e Comunicação Integrada